segunda-feira, 29 de maio de 2017

Desvios alteram o tráfego pela Via Expressa

29/05/2017 - Diário do Nordeste

Os desvios têm como intuito reduzir os transtornos para quem trafega pela área durante as intervenções


Começaram, na noite da última sexta-feira, os primeiros desvios de trânsito referentes à construção dos dois novos túneis na Avenida Almirante Henrique Saboia (Via Expressa), no cruzamento com a Avenida Alberto Sá, e na linha férrea, entre as avenidas Santos Dumont e Padre Antônio Tomás. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) reabriram o canteiro central do cruzamento da Avenida Engenheiro Santana Júnior com a Rua Bento Albuquerque, e o semáforo do local passou de pedestre para veicular. A medida deve facilitar o acesso de quem vem da Cidade 2000 e deseja dobrar à esquerda na Avenida Engenheiro Santana Júnior, em direção ao Iguatemi.

A gerente do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR), Juliana Coelho, explica que, para fazer esse deslocamento, o condutor tinha que seguir pela Avenida Padre Antônio Tomás, utilizar a alça do túnel, dobrar à direita na Via Expressa e à direita na Rua Bento Albuquerque até chegar à Avenida Engenheiro Santana Júnior. "Hoje, para fazer esse deslocamento, outra opção, que muitos passaram a utilizar, foi fazer o retorno embaixo do viaduto da Engenheiro Santana Júnior sob a Avenida Santos Dumont", explica.

Na segunda quinzena de junho, período previsto para o início das obras, a Via Expressa será bloqueada, no sentido sertão/praia, no trecho entre a Avenida Padre Antônio Tomás e Rua Vilebaldo Aguiar. A alternativa será dobrar à direita na Rua Tertuliano Potiguara, à esquerda na Avenida Engenheiro Santana Júnior e à esquerda na Avenida Alberto Sá, retornando à Via Expressa. Além disso, agentes de trânsito, distribuídos em rotas volantes e em postos fixos, devem dar apoio durante toda a intervenção, orientando os usuários.

Mudanças

As intervenções fazem parte do projeto do Corredor Expresso Parangaba Papicu, que terá 70% concluído com o fim destas obras. O orçamento é de R$ 67 milhões e a previsão de entrega, conforme a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), é em dezembro de 2018. A obra deve contemplar a retirada de semáforos da Via Expressa, a inclusão de um corredor de ônibus entre os terminais do Papicu e da Parangaba e maior fluidez entre o Aeroporto e a rede hoteleira. O projeto inclui também quatro faixas de tráfego, sendo duas por sentido; novos plano paisagísticos, pavimentação e iluminação em LED.

Nenhum comentário:

Postar um comentário