sábado, 4 de setembro de 2010

Governo Lula prevê três novas avenidas para Campo Grande

15.08.2010 - Zeca 13 Programa Eleitoral



Obra com recursos do Fundo de Vale dos Córregos Segredo e Cabaça

Campo Grande ganhará maior mobilidade urbana com a inauguração de três novas avenidas. As obras fazem parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Lula. As novas vias contemplarão os bairros localizados nas saídas de Aquidauana, Sidrolândia e Cuiabá.

O Governo Lula, em parceira com a prefeitura da Capital, está investindo R$ 65,2 milhões no projeto de urbanização do córrego Segredo. A Avenida Ernesto Geisel, conhecida como Norte Sul, ganhará mais 4,5 quilômetros, interligando a Avenida Mascarenhas de Morais, no bairro Monte de Castelo, ao Conjunto Estrela do Sul.

Arrojado, o projeto prevê a pavimentação de outros bairros, construção de ciclovia, centro de convivência e quadras esportivas. Somente essa obra deverá beneficiar 21 comunidades e dará maior mobilidade urbana para os moradores da região norte da Capital.

IMBIRUSSU SERRADINHO

A segunda avenida está sendo construída entre as avenidas Duque de Caxias, na Vila Popular, e Euller de Azevedo, no Bairro José Abrão. A urbanização dos córregos Imbirussu e Serradinho prevê a construção de via marginal de 6,3 quilômetros, com parque linear, obras de contenção de enchente e preservação do fundo de vale.

Segundo a proposta, 850 famílias foram removidas de área de risco. Com o PAC, Lula acabou com o drama do alagamento de residências e estabelecimentos comerciais na região da Vila Popular, um drama que ficou sem solução por décadas.

A nova avenida e a pavimentação de outras vias contemplarão 47 comunidades, incluindo-se os bairros Popular, Zé Pereira, Aeroporto, Imá e outros.

LAGOA

PAC está fazendo novas vias para a Capital Morena

A terceira avenida custará R$ 35 milhões aos cofres públicos. A via interligará a Avenida Duque de Caxias, na região do Comando Militar do Oeste, até os bairros localizados na saída para Sidrolândia.

Lula lançou a obra do PAC Lagoa quando veio visitar as obras de urbanização dos córregos Imbirussu e Serradinho. A nova via prevê a remoção de famílias de área de risco, parque linear e uma via marginal ao córrego Lagoa.

O projeto será complementado com mais R$ 38,3 milhões para as obras de pavimentação e drenagem nos bairros São Conrado, Santa Emília, União, Caiobá e Aquarius. O PAC do Lagoa já promoveu o reassentamento de 100 famílias no Portal Caiobá II.

Nenhum comentário:

Postar um comentário