domingo, 28 de outubro de 2012

Rotunda Ferroviária exige investimento de R$ 10 milhões

28/10/2012 - Correio do Estado

Pátio de manobra de locomotivas poderá ser transformado. Licitação deverá ser lançada em até 4 meses


Por Edivaldo Bitencourt

A Prefeitura de Campo Grande aposta na concessão onerosa para reativar e transformar o antigo depósito de locomotivas em "Rotunda Ferroviária Cultural". O grupo que vencer a licitação terá que investir aproximadamente R$ 10 milhões na restauração do parque ferroviário e terá direito a exploração do espaço por 30 anos, podendo ser renovável pelo mesmo período.

De acordo com a presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb), Marta Lúcia Silva Martinez, o edital de licitação para a concessão da Rotunda Ferroviária deverá ocorrer em três a quatro meses. Ou seja, o projeto será concluído pelo novo prefeito, que será escolhido neste segundo turno, previsto para amanhã.

Nesta semana, a Câmara Municipal dos Vereadores e o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) sancionou a Lei 5.111, publicada ontem no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), que autoriza o Poder Executivo a dar em concessão de uso área pública de domínio municipal para restauração, instalação, operação e manutenção da Rotunda Ferroviária de Campo Grande para fins culturais.

Foto: Gerson Oliveira

Fonte: Correio do Estado


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário