sábado, 8 de dezembro de 2012

Governo libera R$ 6 milhões para duplicar a SC-403, via que liga os Ingleses à SC-401 em Florianópolis

05/12/2012 - Diário Catarinense

Ministro do Turismo anunciou o valor da primeira parcela da obra

Santa Catarina receberá R$ 6 milhões para a duplicação da SC-403, em Florianópolis. O valor anunciado nesta terça-feira pelo Ministério do Turismo, em Brasília, é a primeira parcela para os trabalhos no trecho de cinco quilômetros, do entroncamento com a SC-401 até a Praia dos Ingleses. A obra com valor estimado em R$ 27 milhões será custeada pelo governo federal, sendo que, deste montante, o governo do Estado arcará com cerca de R$ 7 milhões.

A previsão é lançar o edital de licitação na próxima semana, podendo concluir a duplicação antes do verão de 2014. A liberação da verba faz parte da primeira fase do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, que contempla com R$ 305 milhões projetos de 16 Estados. Os recursos serão aplicados na aceleração de obras de infraestrutura fundamentais para o setor turístico, mas que não avançavam por falta de dinheiro. No documento assinado ontem, os governadores se comprometeram a incluir o turismo como pauta estratégica de seus mandatos.

- É uma obra que vai ter uma transposição de nível e vai ter uma passagem subterrânea. Ela (a estrada) será duplicada e vai trazer um grande benefício para toda a comunidade do norte da Ilha, especialmente para a comunidade dos Ingleses - destacou o governador Raimundo Colombo.

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, lembrou que Estados e municípios precisam se preparar para aproveitar as perspectivas criadas com a proximidade de grandes eventos, como Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas. Vieira ressaltou também a importância de mobilização das bancadas parlamentares na destinação de recursos para o ministério por meio de emendas.

- Essa ação conjunta é fundamental e é indispensável para que se coloque o turismo efetivamente dentro de uma rota de desenvolvimento, de crescimento, de geração de renda e de inclusão social nesse país - disse Vieira.

Os projetos contemplados aguardavam a liberação de recursos do ministério e estavam prontos para serem empenhados. Os demais Estados deverão ser incluídos na segunda etapa do pacto com previsão de lançamento em 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário