sexta-feira, 22 de março de 2013

Obra em avenida está acelerada e primeira etapa vai custar R$ 26 mi

7/5/2010 - Jornal da Paraiba (PB)

As obras de duplicação da Avenida Senador Argemiro de Figueiredo (rodoanel), em Campina Grande, que vai promover a urbanização das áreas adjacentes e a recuperação de toda a infraestrutura do local, encontram-se na metade da primeira etapa. Segundo o secretário de Obras e Serviços Urbanos (Sosur), Alex Azevedo, toda a obra da primeira etapa está orçada em R$ 26 milhões. No local também serão construídos dois viadutos, mas para isso, a Prefeitura de Campina Grande, que está executando as obras em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), determinou a construção de um desvio para que toda a avenida seja interditada.

Conforme a supervisora do Dnit em Campina Grande, Ana Maria Araújo, no momento está sendo feito um desvio, que terá que ser asfaltado com mão e contramão, para que a avenida seja interrompida para construção dos viadutos. "O papel do Dnit nessa empreitada é fiscalizar as obras e repassar a verba do Governo Federal para que a prefeitura execute as obras", afirmou.

A primeira etapa das obras, segundo Alex Azevedo, está prevista para ser finalizada no final do ano. A duplicação do trecho vai do giradouro da BR-230, na entrada da cidade (conhecido como o contorno Raimundo Asfora) até a BR-104, na Alça Sudoeste. "Trata-se de uma obra que vai desafogar o fluxo de veículos no local, já que se trata de uma avenida bastante movimentada, além de desenvolver a área, fazendo com que a cidade cresça ainda mais", ressaltou o secretário da Sosur.

Alex Azevedo informou que a obra toda está orçada em aproximadamente R$ 40 milhões. No início do próximo ano está previsto o início da segunda etapa das obras. "Estamos também pleiteando a inclusão da obra no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário