segunda-feira, 16 de junho de 2014

Duas horas após ato de inauguração, Via Mangue é liberada para o tráfego de veículos em Recife

16/06/2014 - Folha de Pernambuco

Após incontáveis adiamentos e embates políticos, uma das obras de mobilidade de maior impacto dos últimos anos do Recife, a Via Mangue, enfim, foi inaugurada nesta sexta-feira (13). Mesmo inacabada, a intervenção foi liberada para o tráfego de veículos, precisamente às 18h, cerca de duas horas depois do que havia sido programado. Com o início da operação, que já teve registros de retenções, a via representa uma nova rota entre o Centro da Capital e Boa Viagem.

Os primeiros reflexos da Via Mangue já começaram a ser sentidos logo depois liberação para o tráfego. O trânsito na região do Cabanga, que permaneceu intenso durante quase toda a tarde, não apresentou retenções, sobretudo no início da ponte Paulo Guerra. Mais à frente, a avenida Herculano Bandeira também ficou desafogada, assim como a avenida Domingos Ferriera. Os motoristas que optarem por pegar a via nova devem ficar atentos para a velocidade máxima permitida, que é de 60km/h. Equipamentos de fiscalização eletrônica já estão em funcionamento.

Trânsito tranquilo não foi verificado pelo Portal FolhaPE na alça que dá acesso à avenida Professor João Medeiros, próximo ao Hiper Bompreço de Boa Viagem. Por volta das 18h35, o tráfego estava intenso e com retenções, sobretudo quando chegava no sinal do cruzamento com a rua Felix de Brito. Segundo apurou a reportagem, o sinal permanecia verde para quem vinha da Via Mangue apenas 35 segundos e mais de um minuto fechado.

Com a obra entregue, a Prefeitura do Recife espera que a Via Mangue absorva até 49% do tráfego que circula pela avenida Domingos Ferreira. A porcentagem corresponde por algo em torno de 29 mil veículos. A rota deve se tornar a melhor alternativa para os motoristas que só utiliza Boa Viagem como ponto de passagem. Moradores de Setúbal e de Piedade e Candeias, em Jaboatão dos Guararapes devem ser beneficiados com a obra.

Incompleta, a população recebe a pista de sentido único e outra dividida ao meio. A pista leste (Boa Viagem/Centro) da Via Mangue só receberá o tráfego de veículos no dia 1º de setembro, contudo, só a partir dos elevados, na altura da rua Antônio Falcão, até a rua José Maria Miranda, em Boa Viagem. O restante do percurso deve ser seguido pelas avenidas Conselheiro Aguiar e Boa Viagem. A outra parte da pista leste só deverá ficar pronta em dezembro.

Segundo estimativa da gestão municipal, o percurso na Via Mangue entre o alargamento da Ponte Paulo Guerra até as proximidades da rua Antônio Falcão deve ser de aproximadamente sete minutos. A via tem 5 km de extensão e custou aos cofres públicos R$ 431 milhões. O valor é fruto de empréstimo contraído na Caixa Econômica Federal (CEF), além de recursos do município e do Governo Federal.

CTTU

Por meio de nota, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) informou que registrou um fluxo intenso de veículos na Via Mangue, logo após a abertura da pista oeste, por volta das 18h. Segundo a companhia, o fato já era esperado, uma vez que a abertura da pista despertou a curiosidade de muitos condutores, que normalmente não utilizarão essa rota em seu trajeto normal. A CTTU ressaltou ainda, que o tráfego foi normalizado por volta das 19h. Por fim, a CTTU informou também que, durante o período em que houve o fluxo intenso na Via Mangue, o trânsito da avenida Engenheiro Domingos Ferreira foi amenizado, o que teria comprovado a eficiência da nova via, mesmo em um dia atípico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário